MISSÃO

No anúncio do Reino, a Congregação, fiel ao espírito de Madre M. Elisa, vive com alegria a missão evangelizadora, para que todos tenham vida e a tenham em abundância.

Está atenta à dimensão social da evangelização, é solidária com todos que se empenham pela justiça e pela paz. (Const. Art. 54)

Na nossa missão evangelizadora, cultivamos um estilo mariano. Olhando Maria que acolheu o Verbo da vida na profundidade da sua humilde fé, acreditamos na força da ternura, cuidando e dando conforto e esperança lá onde a vida é mais indefesa e ameaçada. (Const. Art 55)

Respondemos ao convite de Cristo de difundir o Reino «até aos confins da terra», cooperando na evangelização dos povos.

Cultivamos o diálogo com as outras Igrejas cristãs, outras religiões e com aqueles que não professam nenhuma convicção religiosa. (Const. Art. 58)

COMO SERVIMOS

A Congregação está atenta às necessidades do mundo em transformação. Realiza o seu mandato de evangelização e de serviço à vida, em diversas formas, através da comunidade e das Irmãs. (Const. Art 59)

Pela fé em Jesus que se fez pobre para enriquecer-nos com a sua pobreza, nos empenhamos em escutar com misericórdia e amor o grito dos pobres e dos últimos. Com a nossa «aproximação real e cordial, é que podemos acompanhá-los adequadamente no seu caminho de libertação», deixando-nos evangelizar por eles. (Const. Art 64)

 

DIMENSÃO MARIANA

Com a pastoral mariana, valorizamos a força evangelizadora da piedade popular. Aprofundamos e difundimos o conhecimento de Santa Maria, da sua missão no mistério de Cristo e da Igreja e do seu significado para o mundo contemporâneo.

Olhando para Ela, bem-aventurada pela fé e disponível no serviço, abraçamos com todo o coração a novidade do Evangelho e deixamos que o mandamento da caridade nos eduque para novas relações humanas. (Const. Art. 60)

 

MISSÃO AD GENTES

A exemplo de Jesus Cristo que, na encarnação se fez um de nós, na missão ad gentes, onde somos enviadas a servir, procuramos assumir a cultura do povo para compartilhar e promover os valores do Reino, através do testemunho, do anúncio alegre e libertador do Evangelho. (Const. Art 67)